29 janeiro 2012

Despenteia, a revolta!

Tem uma coisa, que estou querendo fazer a algum tempo, e sei la, hoje eu decidi que vou fazer... E sei la, quis compartilhar isso com vocês!



Eu vou, tanam, pintar o meu cabelo!

Tá, não é uma coisa tão surpreendente assim, mas é que, como faço progressiva, relaxamento... Ainda tem a escova e a chapinha semanal, sempre tive um pouco de receio de pintá-lo. E pra piorar, eu ainda decidi pinta-lo de preto, já que ele tem uma cor de burro quando foge ):

Trata-se de um procedimento um pouco difícil para o meu tipo de cabelo, pois ele precisa estar forte para aguentar a tintura... Mas sempre ouvi falar que quando pintamos o cabelo, ele fica mais forte e com mais vida.

Pensando nisso, pesquisei algumas dicas super importantes para qualquer pessoa que decida mudar o tom de suas madeixas –to bilíngue, bjs-

1. Não economize na tintura

"O excesso de tinta é desperdício, pois não vai modificar o efeito desejado, nem para melhor, nem para pior. Já a falta de tinta prejudica o procedimento, ou seja, o cabelo pode ficar com algumas falhas na coloração. Por isso, o melhor é seguir as instruções da embalagem, já que a quantidade de oxidante também é muito importante. Mais oxigenada do que tinta compromete a cor, já que fica diluída. E colocar mais tinta, pode manchar. "Além disso, é preciso equipamentos como medidores, catálogos de cores, pois na embalagem só vem a cor da tinta," explica o cabeleireiro Luiz Fernando Ricci.

2. Faça o teste da mecha

Antes de qualquer coisa, não esqueça nunca, de fazer o teste da mecha. O expert Luiz Fernando explica que é por meio desse teste que a pessoa saberá se é alérgica ao produto e se o fio está pronto para receber a tinta. "Prepare um pouco de tintura e passe em uma mecha atrás da nuca. Se não der nenhum problema, como coceira, irritação ou quebra dos fios, o produto poderá ser usado sem restrição."

3. Faça o teste da mecha

Outros processos químicos podem ter muita influência no resultado obtido com a coloração. Em muitos casos é necessário aplicar tintas de diferentes tonalidades na raiz e nas pontas para que a nuance fique uniforme. O profissional é a pessoa mais indicada para te ajudar antes de tingir o cabelo em casa. Porém, se você não quer alterar a cor, basta usar o tom exato das melenas.

4. Ilumine o visual com luzes

Na opinião dos especialistas, esse é um procedimento que não deve ser realizado em casa, já que exige habilidade e produtos específicos para a técnica. Se feita de forma errada, as luzes podem ficar manchadas, assim como o restante dos fios. Agora, caso você saiba fazer o procedimento, fique atenta com as nuances que mais combinam com você. Para as negras, mechas douradas, acobreadas e tons avelã. Nas loiras, a moda é raiz escura e pontas mais claras. As ruivas podem apostar nos dourados e as morenas em cores quentes, como os acobreados.

5. Use a sua cor natural como base

Segundo o hairstylist e colorista Eliseu Farias, escolher corretamente a cor de base é fundamental para que o resultado seja positivo, já que ela é a tonalidade que mais se aproxima da cor natural dos fios. "Entre outras funções, a cor de base ajuda na cobertura dos brancos, auxilia na correção de manchas e escurece o cabelo e fecha os tons. Se a cor estiver errada, pode não ser tão gritante na hora, mas quando vierem os fios novos, isso vai ser facilmente percebido", afirma o profissional.

6. Fique atenta aos fios brancos

Para quem não consegue se livrar dos tão temíveis fios brancos, o uso de tinta deve ser feito com um intervalo menor de tempo, podendo ser uma vez por mês ou até mesmo a cada 15 dias, dependendo da quantidade de brancos. Quanto a tonalidade a ser escolhida, use colorações de dois a três tons mais claros do que a cor natural, já que as nuances mais claras ajudam a disfarçar o problema. Tons base como castanho escuro a loiro claro cobrem praticamente todos os cabelos brancos, sendo os mais recomendados para esses casos.

7. Respeite o tempo de pausa

"É preciso respeitar o tempo de espera encontrado na embalagem, já que o uso incorreto pode comprometer a cor desejada. Caso a pessoa fique menos tempo do que o recomendado, a fixação do produto pode ficar comprometida e ter uma durabilidade menor. Em tempo: o uso da tinta em um período superior pode manchar os fios com excesso de corantes".

8. Não confie no tom da caixinha

O que está na caixinha é apenas uma referência do resultado alcançado. O resultado será similar, mas não igual ao da foto, ok? Tudo vai depender das condições atuais do seu cabelo. "É importante levar em consideração se ele é natural ou já possui algum tipo de química, por isso, o mais recomendado é consultar um profissional antes de realizar a técnica", aconselha Eliseu.

9. Invista nos cuidados após a tintura



Hidratar é a palavra chave para manter as madeixas sempre saudáveis. Esse tratamento deve ser realizado antes e depois da coloração, já que o processo nutre as melenas dando força para que o cabelo receba a tinta diminuindo o desgaste que a química resulta. "Eu recomendo lavar a cabeça apenas dois dias após o processo, pois esse é o tempo necessário para a pigmentação se fixar melhor nos fios. No dia-a-dia use xampu e condicionador específicos para cabelos tingidos, com ingredientes que combatam o ressecamento e prolongam a cor", aconselha Luiz Fernando.

10. Utilize os acessórios certos

Na hora de tingir as madeixas você precisa ter os acessórios certos. O primeiro passo é utilizar o kit que acompanha a coloração como luvas e aplicador. Também é preciso de um pente para a divisão do cabelo e um pincel próprio para espalhar melhor a tinta. Para que o rosto não fique manchado, o ideal é passar uma camada de creme protetor na testa e contorno das orelhas. E para não manchar a roupa, proteja os ombros e costas com uma toalha.

A maioria delas, são para adeptas a pintar o cabelo em casa. Bom, eu não posso me dar á esse luxo ): já que ele pode cair em minhas mãos. HAHAHA, é, pois é fia.

Ah, sem esquecer, respondendo a pergunta da leitora e blogueira Amanda Cristina, do blog Primeiro Livro, sobre produtos para crescimento de cabelos, produto, produto mesmo, não existe, o que está por aí são ampolas de vitaminas, que prometem maravilhas, e uma delas, o crescimento rápido de cabelo e isso você encontra em qualquer perfumaria, porém, eu não recomendo querida, já que algumas delas são até, digamos assim, “mentirosas

A melhor tática, recomendada por cabelereiros e até mesmo blogueiras, é usar produtos de boa qualidade que não agridam seu cabelo e principalmente realizar uma hidratação, no mínimo, a cada quinze dias. Tenha certeza, realizando esse procedimento de lavar e hidratar, seu cabelo crescerá rapidamente, mas rápido do que você imagina. Espero ter ajudado!


ps: desculpem o sumisso meninas, mas esta semana minha mãe precisou fazer uma cirurgia e eu dormi no hospital com ela, voltei ontem... e a Baa, está sem internet ): o modem dela deu problema, e provavelmente segunda-feira ela ja estara de volta aqui no blog, bjs! 

 


 


10 comentários:

Lohaine disse...

Tenho vontade de pintar o cabelo, mas ao mesmo tempo, não quero perder a cor natural! Enquanto fico nesse dilema, continuo optando pela californiana! :p

http://geracaoglam.wordpress.com/

Iza disse...

Pintar o cabelo de preto? Que bacana. Nunca pensei em pintar o cabelo inteiro, mas só fazer mexas ou luzes coloridas.

http://vintageiz.blogspot.com

beijão!

Juliana Barros (@minebarros) disse...

Eu ja pintei o meu cabelo de preto duas vezes. E eu gostei do resultado! Ele fica bem macio e brilhoso, parece até que nunca fez nada com ele! HAHA
Boa sorte :)

Amei o blog e ja estou seguindo <3
xo, @ourbag - Curta a fanpage no facebook!

Vanessa Ferreira disse...

oi tudo bem??

tem selinho pra vc no meu blog

big bjo

http://vanessaferreirapink.blogspot.com/

Marcella Travassos disse...

uhhh quero muiiiito ver o resultado!!!

bjss
www.girlsandglam.com

Criticando por aí. disse...

Seeempre quis pintar meu cabelo, mas não tenho coragem na hora :/

Beijos,
Caroline, do http://criticandoporai.blogspot.com (tem postagem nova, viu?! rs)

Vestida de Ouro disse...

Mostra uma foto sua.
Eu nunca pintei meu cabelo rsrs.
E adorei as importantes dicas sobre a pintura.
Beijos flor.

Stephanie disse...

Apesar de não pintar meu cabelo, achei o post bem bacana e com ótimas dicas para as adeptas!!
Algumas vou até aproveitar como a hidratação rsrs :D
Quero ver o resultado hem..mostra foto ^^
Beijos

lolaporlola.blogspot.com

Brenda Silva disse...

Olha, só vou te dizer uma coisa, tenha certeza que é isso que você quer, porque pintar de preto não dá pra voltar atrás! Eu pintei o meu em 2010 e depois em 2011 queria ficar loira mas não deu por causa disso --' Agora espero eu que já dê né hahaha
Mas enfim, se for isso que vc quer, se joga :)
Já estou seguindo aqui ;)
Bjs
Dezessete em Diante / Facebook

Mariana Araújo disse...

Eu também faço relaxamento e progressiva. Pintei meu cabelo na mesma época, mas tive corte química na parte de baixo do cabelo e ele está muito quebrado =/ Sabe como é a vaidade ne? rs
Agora é tratar ele um pouco mais!

http://belezapuraonline.blogspot.com/